Saúde Bucal

Clareamento Dental dura Quanto Tempo? Entenda tudo

clareamento dental quanto tempo

O clareamento dental é um procedimento estético que visa remover manchas e melhorar a tonalidade dos dentes, resultando em um sorriso mais branco e luminoso. A duração do efeito do clareamento varia dependendo de diversos fatores, incluindo o tipo de tratamento realizado, a técnica utilizada pelo profissional, a concentração do agente clareador e a resposta individual do esmalte dentário do paciente.

É comum que os pacientes tenham dúvidas sobre quanto tempo podem esperar que os resultados do clareamento dental permaneçam visíveis. De maneira geral, o clareamento feito em consultório com o acompanhamento de um dentista pode ter uma duração mais longa, enquanto que os métodos caseiros podem requerer retoques mais frequentes. No entanto, a longevidade do clareamento dental também está diretamente relacionada aos hábitos de higiene oral do indivíduo e à sua dieta.

Manter uma boa rotina de higiene oral, evitar alimentos e bebidas com alto potencial de manchar os dentes, como café, vinho tinto e molhos escuros, são práticas que contribuem para prolongar o efeito do clareamento. Em casos onde os cuidados são otimizados, o clareamento pode durar de um a três anos, variando de caso para caso. Para um resultado duradouro, é recomendável realizar visitas periódicas ao dentista e seguir rigorosamente as orientações pós-tratamento fornecidas pelo profissional.

O Que é Clareamento Dental?

Clareamento dental é um procedimento estético que visa remover manchas e descolorações dos dentes, proporcionando um sorriso mais branco e brilhante. Existem dois tipos principais: o clareamento caseiro, realizado com o uso de moldeiras e gel clareador, e o clareamento de consultório, feito pelo dentista com agentes clareadores mais potentes e, frequentemente, a utilização de luz ou laser para acelerar o processo.

Métodos de Clareamento:

  • Clareamento Caseiro: feito em casa sob orientação do dentista.
    • Utilização de moldeiras ajustadas aos dentes.
    • Aplicação de gel clareador.
  • Clareamento de Consultório: realizado diretamente no consultório odontológico.
    • Uso de produtos com maior concentração de peróxido.
    • Pode incluir tecnologia a laser ou luz.

Benefícios:

  1. Melhora estética do sorriso.
  2. Aumento da autoestima.
  3. Remoção de manchas superficiais e profundas.

É importante salientar que o clareamento dental deve ser realizado ou supervisionado por um profissional habilitado, o dentista, para garantir a segurança e eficácia do procedimento. Além disso, ele não altera a estrutura original dos dentes, apenas remove as pigmentações adquiridas ao longo do tempo devido a diferentes fatores, como consumo de certos alimentos, bebidas e tabaco.

image 23

Tipos de Clareamento Dental

Existem métodos distintos para o clareamento dental, cada um adequado a diferentes necessidades e preferências individuais. Estes métodos podem ser amplamente categorizados em profissional e caseiro.

Clareamento Profissional

O clareamento profissional é realizado em consultórios odontológicos. Este método utiliza agentes clareadores de alta concentração que não estão disponíveis no mercado para o consumidor final. Uma das técnicas envolve o uso de luz ou laser para acelerar e potencializar o efeito do gel clareador aplicado sobre os dentes. Normalmente, os resultados são visíveis imediatamente após a sessão de tratamento, que pode durar cerca de 1 hora.

Clareamento Caseiro

No clareamento caseiro, o paciente utiliza produtos adquiridos em farmácias ou fornecidos pelo dentista. Kits de clareamento caseiro geralmente incluem moldeiras personalizadas e gel clareador de menor concentração. O paciente aplica o gel nas moldeiras e as utiliza por um período determinado durante o dia ou à noite. Este processo é mais gradual e pode levar algumas semanas para apresentar resultados.

Fatores Determinantes da Duração

A longevidade do clareamento dental depende de variáveis específicas relacionadas ao tratamento e aos hábitos do paciente.

Material Utilizado

O tipo de produto selecionado para o clareamento dental exerce um papel crucial na duração do efeito. Agentes clareadores com maior concentração de peróxido, por exemplo, tendem a oferecer resultados mais prolongados. Agentes usados em clínicas podem ter efeitos duradouros, enquanto produtos de venda livre podem necessitar de retoques mais frequentes.

Hábitos Alimentares

Os alimentos e bebidas consumidos influenciam diretamente na duração do clareamento. Substâncias com forte pigmentação, como café, vinho tinto e molho de soja, podem causar manchas mais rapidamente. Recomenda-se evitar alimentos com corantes intensos para manter o sorriso mais branco por mais tempo.

  • Café
  • Vinho tinto
  • Molho de soja
  • Bebidas com corantes artificiais

Higiene Oral

A higiene bucal do paciente é um fator determinante para manter o efeito do clareamento. Uma rotina de higiene adequada, incluindo escovação, uso de fio dental e enxaguante bucal, é essencial para evitar o acúmulo de placa que pode levar à descoloração dos dentes.

Tipo de Manchas

As causas das manchas dos dentes afetam a persistência dos efeitos do clareamento. Manchas extrínsecas, situadas na superfície dos dentes, geralmente são mais fáceis de remover e o clareamento tende a durar mais. Já as manchas intrínsecas, que se encontram no interior dos dentes, podem necessitar de tratamentos mais intensos e frequentes.

  • Manchas extrínsecas: café, fumo, chá.
  • Manchas intrínsecas: medicamentos, fluorose, traumas.

Duração Média do Clareamento Dental

O clareamento dental é um procedimento estético que busca restaurar a cor original dos dentes ou torná-los mais claros. A duração dos efeitos do clareamento dental pode variar significativamente, dependendo de uma série de fatores.

Em média, espera-se que os resultados do clareamento mantenham-se por aproximadamente dois anos. No entanto, este período pode ser influenciado pelo tipo de clareamento realizado, seja em consultório ou através de métodos caseiros.

Fatores que influenciam a duração:

  • Higiene oral: uma higiene oral rigorosa pode prolongar os efeitos.
  • Dieta: o consumo de alimentos e bebidas com pigmentos fortes, como café e vinho tinto, podem reduzir a duração.
  • Tabagismo: o fumo contribui para a reincidência de manchas nos dentes.
  • Tipo de clareamento: técnicas profissionais tendem a ter resultados mais duradouros.

Os dentistas geralmente recomendam medidas preventivas e de manutenção para que os pacientes maximizem a duração dos efeitos do clareamento dental. Retoques ocasionais podem ser necessários para manter o sorriso brilhante, especialmente se o paciente não seguir as instruções pós-tratamento ou se expuser frequentemente a agentes manchadores. É importante seguir as orientações do profissional para garantir não apenas a longevidade dos resultados, mas também a saúde bucal.

Cuidados Pós-Clareamento

Os cuidados após o clareamento dental são essenciais para manter os resultados obtidos e prevenir manchas ou descolorações futuras. É importante adotar hábitos saudáveis e seguir as orientações profissionais.

Evitar Comidas com Pigmentação

Após o clareamento dental, o esmalte dos dentes permanece mais poroso, tornando-os suscetíveis a manchas. Alimentos e bebidas com cores intensas devem ser evitados, como:

  • Café
  • Vinho tinto
  • Molhos escuros (como soja e barbecue)
  • Refrigerantes
  • Beterraba
  • Açaí

Manutenção com Produtos Específicos

Para manter o sorriso branco, o uso de produtos específicos é recomendado. Incluem-se:

  • Cremes dentais clareadores
  • Enxaguantes bucais com propriedades clareadoras
  • Fitas ou géis para retoque domiciliar

Cada produto deve ser utilizado conforme as instruções do fabricante e sempre sob orientação de um dentista.

Consultas Regulares ao Dentista

Manter consultas regulares ao dentista é crucial para avaliar a saúde bucal e o status do clareamento. Visitar o profissional a cada 6 meses permite:

  • Detecção precoce de problemas
  • Limpeza profissional para remoção de tártaro
  • Ajuste de hábitos de higiene conforme necessário

Possíveis Riscos e Efeitos Colaterais

image 15

O clareamento dental é, na maioria das vezes, um procedimento seguro quando supervisionado por um profissional. Contudo, alguns indivíduos podem experimentar efeitos colaterais, dos quais os mais comuns são a sensibilidade dentária e irritação nas gengivas. A sensibilidade geralmente acontece nas primeiras 24 horas após o tratamento, decrescendo com o tempo.

Efeitos colaterais comuns incluem:

  • Sensibilidade dentária: Uso de produtos com concentração elevada de agentes clareadores pode resultar em desconforto dentário passageiro.
  • Irritação das gengivas: Produtos clareadores podem causar irritação nas gengivas ou nos tecidos moles da boca, principalmente se não aplicados corretamente.

Ocasionalmente, podem ocorrer efeitos colaterais menos comuns, como:

  • Danos ao esmalte dentário: Existem preocupações quanto ao uso excessivo de clareadores, que poderia potencialmente danificar o esmalte.
  • Desigualdade na cor dos dentes: Restaurações dentárias como coroas e facetas não são afetadas pelo clareamento, o que pode resultar em coloração desigual.
Efeito ColateralDescriçãoFrequência
Sensibilidade dentáriaDesconforto em dentes após o tratamentoComum
Irritação gengivalVermelhidão ou dor nas gengivasComum
Danos ao esmalteErosão ou desgaste do esmalte dos dentesMenos comum
Desigualdade na corColoração inconsistente após o clareamentoMenos comum

Recomenda-se que pacientes busquem aconselhamento de dentistas qualificados para evitar ou gerenciar possíveis riscos e efeitos colaterais. É importante seguir as instruções do especialista para um tratamento seguro e eficaz.

Clareamento Dental e Sensibilidade

O processo de clareamento dental pode ocasionalmente levar a um aumento na sensibilidade dentária. Essa sensibilidade é geralmente temporária e tende a diminuir após a conclusão do tratamento de clareamento.

Fatores que influenciam a sensibilidade:

  • Concentração do agente clareador: Produtos com maiores concentrações de peróxido podem aumentar a sensibilidade.
  • Tempo de exposição: Aplicações mais longas ou frequentes podem exacerbá-la.
  • Condição prévia dos dentes: Dentes com desgaste no esmalte ou retração gengival podem ser mais susceptíveis.

Como Minimizar a Sensibilidade:

  • Uso de produtos com menor concentração: Optar por géis clareadores com menor teor de peróxido.
  • Intervalos maiores entre as sessões: Aumentar os períodos de descanso entre as aplicações do agente clareador.
  • Produtos dessensibilizantes: Utilizar géis ou pastas de dente especificamente formulados para diminuir a sensibilidade.

Recomendações dos Profissionais:

Dentistas frequentemente recomendam:

  1. Consulta prévia: Avaliação com um profissional antes de iniciar o tratamento.
  2. Acompanhamento: Monitoramento durante o processo de clareamento.
  3. Cuidado pós-tratamento: Uso de flúor e outros produtos fortificantes para recuperar a resistência do esmalte.

Essas medidas podem ajudar a gerenciar e reduzir a sensibilidade dental associada ao clareamento. Pacientes devem seguir as orientações do seu dentista para assegurar um processo seguro e confortável.

Como Prolongar os Efeitos do Clareamento

Para manter o sorriso mais branco e brilhante após um tratamento de clareamento dental, é essencial adotar algumas práticas no dia a dia. A longevidade dos resultados pode ser afetada por hábitos alimentares e de higiene bucal.

Higiene Bucal Rigorosa:

  • Use pasta de dente com efeito branqueador;
  • Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia;
  • Fio dental deve ser utilizado diariamente para remover resíduos entre os dentes.

Evite Alimentos e Bebidas Pigmentadas:

  • Café;
  • Vinho tinto;
  • Molho de soja;
  • Beterraba.

Alimentação Saudável:

  • Priorize frutas e vegetais que estimulam a salivação, ajudando na limpeza natural dos dentes;
  • Ingira alimentos ricos em cálcio para fortalecer o esmalte dental.

Visitas Regulares ao Dentista:

  • Acompanhamento profissional a cada seis meses;
  • Limpezas profissionais ajudam a remover manchas superficiais.

Moderação no Consumo de Ácidos:

  • Alimentos e bebidas ácidas podem desgastar o esmalte dos dentes;
  • Ao consumir ácidos, é recomendado usar um canudo para evitar contato direto com os dentes.

Produtos para Clareamento Doméstico:

  • Retoques com produtos indicados pelo dentista;
  • Geleias e fitas de clareamento devem ser utilizados conforme orientação profissional.

Evite o Tabaco:

  • Fumar pode amarelar rapidamente os dentes;
  • A cessação do tabagismo contribui para a manutenção dos efeitos do clareamento dental.

Adotando esses cuidados e com orientação profissional, é possível prolongar a duração dos efeitos do clareamento dental e manter um sorriso mais branco por mais tempo.