Saúde Bucal

Resina nos Dentes: Você Precisa Saber

image 125

Resina nos dentes é um procedimento odontológico que tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. Basicamente, a resina é um material composto por partículas de vidro e plástico que é usado para restaurar dentes danificados ou melhorar sua aparência estética. O processo envolve a aplicação de uma camada de resina na superfície do dente, que é então moldada e polida para se adequar à forma e cor dos dentes adjacentes.

A resina nos dentes pode ser usada para corrigir uma variedade de problemas, incluindo dentes lascados, descoloridos, manchados ou com espaços entre eles. Além disso, a resina pode ser usada para preencher cavidades e proteger a raiz do dente exposta. Uma das principais vantagens da resina é que ela é uma alternativa mais acessível e menos invasiva às coroas dentárias, que exigem a remoção de uma grande quantidade de tecido dental saudável.

No entanto, é importante lembrar que a resina nos dentes não é uma solução permanente e pode precisar ser substituída ou reparada ao longo do tempo. Além disso, a resina pode não ser adequada para todos os casos e é necessário consultar um dentista para avaliar a melhor opção de tratamento. De qualquer forma, a resina nos dentes é uma opção segura e eficaz para melhorar a aparência e a saúde dos dentes.

O que é Resina nos Dentes?

image 126

A resina nos dentes é um material composto por uma mistura de plástico e partículas de vidro que é usado para preencher cavidades dentárias e melhorar a aparência de dentes desalinhados, manchados ou quebrados. É uma alternativa popular aos materiais tradicionais de obturação, como amálgama de prata.

Tipos de Resina

Existem dois tipos principais de resina usados em odontologia: a resina composta e a resina de ionômero de vidro. A resina composta é a mais comum e é feita de uma mistura de plástico e vidro. É usada principalmente para preencher cavidades dentárias e pode ser combinada com outras técnicas de restauração, como facetas de porcelana, para melhorar a aparência dos dentes.

A resina de ionômero de vidro é uma mistura de vidro e ácido poliacrílico que é usada principalmente para preencher cavidades em dentes decíduos (de leite) e em áreas de baixa pressão mastigatória. É menos resistente do que a resina composta, mas pode liberar flúor para ajudar a prevenir a cárie dentária.

Vantagens da Resina

A resina nos dentes tem várias vantagens em relação aos materiais de obturação tradicionais. Por exemplo, é mais esteticamente agradável do que a amálgama de prata, já que pode ser combinado com a cor natural dos dentes. Além disso, a resina é mais fácil de trabalhar do que a amálgama, o que permite que o dentista faça restaurações mais precisas.

Outra vantagem da resina é que ela é menos propensa a causar sensibilidade dentária do que a amálgama de prata. Isso ocorre porque a resina não conduz o calor e o frio tão facilmente quanto a amálgama.

Por fim, a resina é uma opção mais segura do que a amálgama de prata, que contém mercúrio. Embora a quantidade de mercúrio na amálgama seja considerada segura pela maioria dos especialistas em saúde, algumas pessoas preferem evitar o material por precaução.

Procedimento de Aplicação

image 127

Preparação do Dente

Antes de iniciar o procedimento de aplicação da resina nos dentes, é necessário que o dentista realize uma avaliação completa da saúde bucal do paciente. Em seguida, o profissional fará a limpeza dos dentes e removerá possíveis cáries ou restaurações antigas que possam interferir no processo.

Após a limpeza, o dentista irá isolar o dente com uma película de borracha para evitar que a saliva entre em contato com a resina. Em seguida, ele irá aplicar um ácido fosfórico no dente para criar microporosidades na superfície e melhorar a aderência da resina.

Processo de Aplicação

Com o dente preparado, o dentista irá aplicar a resina em camadas finas, utilizando uma luz especial para endurecer cada camada antes de aplicar a próxima. Esse processo pode levar de 30 minutos a uma hora, dependendo do tamanho da restauração.

Após a aplicação da última camada, o dentista irá moldar e polir a resina para que ela fique com o formato e a textura adequados. Por fim, o profissional irá remover a película de borracha e verificar se a mordida do paciente está correta.

É importante ressaltar que o procedimento de aplicação da resina nos dentes é um processo delicado que requer habilidade e experiência do dentista. Por isso, é fundamental escolher um profissional qualificado e confiável para realizar o procedimento.